segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

CASOS CASA(RÕES) & seus detalhes misteriosos ???


QUEM CONHECE ALGUMA HISTÓRIA DESSE CASARÃO ???

CASARÃO DA SEMANA PASSADA - a casa da Dona Neuza do Carmo Bastos Rocha que, para nossa alegria, foi compartilhada pela mesma no Facebook, foi reconhecida por várias pessoas. Carolina Taui Furiati fez uma declaração de amor à casa: "a mais bonita e garbosa!... Minhas férias... infância... adolescência... 'minha paisagem interior' onde regressei inúmeras vezes já adulta - e por entre as suas árvores, ficou inevitavelmente parte de mim. EU, daqui, sentindo o cheiro e sabor das melhores lembranças!".

Também reconheceram e fizeram elogios à casa: Jacques Ângelo Rigolon, Maria Ângela Ayupe Resende, Alessandra Novaes Barbosa, Regina Célia Ribeiro Sampaio, Gelci Cizinha Girardi Mendonça de Oliveira, Da Paz da Silva Coletta, Ivan Moura Portugal, Regina Sá, Érika Freitas, Cristina Bedendo, Marcelo Oliveira, Rita Gouvêa Knop, Sônia Maria Itaborahy, Graça Lima, João Batista Martins Aglio, Lúcia Rodrigues de Mendonça, Finéias Rodrigues, Silva Avianna e Helena Furiati.

Finalmente, a palavra da dona da casa: "obrigada, Pitomba. Que prazer ver minha casa no seu blog. Quanta honra, pois ela é a casa dos meus sonhos, de toda a história de minha vida. Desde o noivado, 1956, o Orozimbo comprou-a para ali iniciarmos nossa família! Meu pai dizia que ela fora construída em 1926... Tempos que já lá vão...".

Nós é que agradecemos e também nos sentimos honrados, principalmente por serem palavras vindas de uma pessoa que, durante toda a vida, é conhecida por todos como Bonita.

Foto: Serjão Missiaggia

2 comentários:

  1. Nilson Magno Baptista19 de janeiro de 2015 16:00

    Nesta casa viveu por muitos anos, juntamente com a família, o Sr. Edésio Ferreira, irmão do Sr. Hercílio Ferreira, o inesquecível "Bolote". Sr. Edésio era proprietário rural, grande produtor de leite e presidente do Sindicato Rural de São João Nepomuceno.

    ResponderExcluir
  2. Casa onde morou sr Gunga, irmão do Bolote.Fica na esquina da Av Zeca Henriques, antes da ponte para a Matriz. Quando minha família mudou-se para esta Av., nossos quintais eram separados por frágeis cercas de bambu.Entre nossa casa e esta , havia outra onde morava um casal de franceses.( depois morou a Nozinha, depois Carlota, depois Dr Geraldo Luís... etc ) Pois bem: saíamos do nosso quintal, passávamos pela casa dos franceses e saíamos no quintal desta casa do Gunga onde saboreávamos, escondido, muitas mangas gostosas.

    ResponderExcluir

BRIGADU, GENTE!

BRIGADU, GENTE!
VOLTEM SEMPRE, ESTAMOS ESPERANDO... NO MURINHO DO ADIL