quinta-feira, 28 de abril de 2011

PARABÉNS PRA VOCÊS PRA NÓS! DOIS_ANOOOOOOOOOOS!!!

Arte digital por Passion

Interessante como as coisas passaram assim tão rápido.
Parece que foi ontem mesmo que tudo começou.
Difícil acreditar que esta simples brincadeira, que vem tentando, a cada postagem, fazer do lúgubre, uma mera palavra do dicionário, e que, da mesma forma, se tornou um descontraído passatempo para muitos, está agora comemorando seus dois anos de vida. Sem contar que, de presente de aniversário, atingimos a marca de 24.000 acessos.
Neste período, nada foi mais gratificante do que os constantes e variados contatos que foram a nós dirigidos, principalmente por aqueles amigos que estavam longe da terrinha. Todos eles com elogios sinceros, que vieram, muitas vezes, acompanhados por agradecimentos, em razão de estarmos proporcionado a eles momentos de descontração e alegria. Desta forma, tão bem se expressou um de nossos seguidores: “FOI ATRAVÉS DESTE INOCENTE BLOG QUE REDESCOBRI QUE O MUNDO AINDA PODERIA GIRAR UM POUCO MAIS DEVAGAR”.
E assim, como o nascimento de uma criança, onde o prazer e a alegria sempre superam qualquer obstáculo, e ao contrário do que muitos possam pensar, foi também um longo e cansativo caminho a ser percorrido.
Então, tentarei de uma maneira um tanto lúdica, como muitas vezes lúdico vem sendo nosso Blog, contar pra vocês como tudo começou:

Era uma vez uma semente que estava à procura de um solo em que pudesse fecundar a sua idéia.
Mas, não poderia ser um solo qualquer, pois esta ideia era algo que estava sendo sonhado há um bom tempo. Tudo teria que ser pensado com muito carinho, pois, dependendo do solo em que iria cair, poderia nem mesmo vingar. Teria que ser, antes de tudo, um solo totalmente imune às pragas da vaidade, inveja e, principalmente, inacessível a competições doentias e imaginárias.
Esta procura durou algum tempo, até que a lembrança faria com que esta semente viesse descobrir o que tanto procurava.
E assim, estava dado o primeiro passo, ou seja, o de ter encontrado um solo confiável que, adubado de uma generosa dose de inteligência e senso de humor, iria com certeza, acolher e nutrir aquela ideia e fazê-la germinar.
E não deu outra!
Mas, como único obstáculo, ainda existia a distância que os separava.
Como poderia a ideia germinar? Afinal de contas, eram muitas as informações que teriam que ser trocadas e muito a ser combinado.
Foi quando, diante daquele velho ditado em que diz: “SE O SENTIMENTO É PURO E AS INTENÇOES SÃO AS MELHORES, TUDO IRÁ CONSPIRAR A SEU FAVOR”, e nas asas de um vento chamado Internet, que esta semente pra longe viajou, e rapidinho germinou.
Sinceramente, confesso que me assustei com a receptividade coma qual este solo veio a acolher esta pequena semente. Graças a ele, tudo aconteceu muito além do que se pudesse imaginar. Também, como poderia deixar de germinar e tão bem desenvolver uma ideia, que, desde o seu nascimento, foi sendo suprida por este solo que lhe fornece, diariamente, doses maciças de Tempo, Carinho, Humor, Inteligência, Criatividade e tudo mais? Isso pra não falar dos muitos amigos, que, ao longo desta caminhada, foram SEGUINDO E COMENTANDO, com muito interesse e expectativa, cada novidade.
Hoje, com muito orgulho, vemos que esta pequena semente, de fato, germinou, e que agora, regada por mais de 24.000 mil visitas, vai, a cada dia, se solidificando e tentando consolidar de vez seu amadurecimento.
Valeu, Jorge Marin! Ao Futuro e Além!

Então, a todos os amigos seguidores, comentaristas, parceiros e colaboradores, envio, pela segunda vez, meus mais sinceros agradecimentos. Cada um de vocês será sempre a razão principal da continuidade e sucesso do Blog.
Serjão Missiaggia

2 comentários:

  1. Agradeço às palavras – sempre generosas – do Serjão, mas quero lembrar que a semente é tudo. Me lembro do Padre Jaci, falando na Igreja do Rosário (na Matriz, era só o Padre Trajano) que a semente de mostarda é a menor de todas as sementes que há na terra, mas, tendo sido semeada, cresce, e faz-se a maior de todas as plantas, de sorte que vêm as aves do céu, e aninham-se em seus ramos. E isso não sou eu que estou falando porque, tanto Marcos quanto Mateus, falaram a mesma coisa.
    Então, eu, e mais esta fantástica comunidade pytombense, agradecemos pela semente.
    E que a paz continue conosco!

    Jorge Marin

    ResponderExcluir
  2. Nilson Magno Baptista28 de abril de 2011 15:48

    O destino de toda semente,por menor que seja,é germinar e produzir frutos.E os frutos que elas estão produzindo,e produzirão ainda por muito tempo,são deliciosos alimentos para nossa imaginação e sabedoria para nossa vida.

    ResponderExcluir

BRIGADU, GENTE!

BRIGADU, GENTE!
VOLTEM SEMPRE, ESTAMOS ESPERANDO... NO MURINHO DO ADIL